17 de abr de 2011

tem eu.


E depois você perguntou : não tem nada meu aí? E eu quis gritar : tem, tem eu. Eu sempre fui sua.
Eu já era sua antes mesmo de saber que você um dia não ia me querer.
                                                                  
                                                          Tati B.