30 de abr de 2011

Dor de amor não mata.
Mas confesso que maltrata  ♪

                            Michel Teló.